15/3/2021 11:52

Polícia Civil aponta Gabigol como autor de contravenção por furar quarentena

Polícia Civil aponta Gabigol como autor de contravenção por furar quarentena

A Polícia Civil do Estado de São Paulo apontou em boletim de ocorrência (B.O.) o jogador Gabigol, do Flamengo, como autor de contravenção penal por desrespeitar norma do poder público sobre a restrição de aglomerações e serviços não essenciais durante a pandemia. O atleta foi flagrado em operação policial na madrugada de domingo em um cassino clandestino no bairro da Vila Olímpia, com aproximadamente 150 pessoas, segundo o documento.



No B.O., ao qual o UOL Esporte teve acesso, Gabigol é indicado como "autor", o que significa que no momento ele é tratado como suspeito. O atacante foi incurso no artigo 268 do Código Penal — infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa — e assinou na delegacia um termo circunstanciado, no qual se compromete a não promover mais aglomerações e se coloca à disposição da justiça.


LEIA TAMBÉM: Atacante Gabigol do Flamengo é flagrado em cassino clandestino em SP


Gabigol poderá ou não ser acusado formalmente e responder pela contravenção, dependendo de eventual decisão do Ministério Público. O artigo 268 prevê pena de detenção de um mês a um ano, além de multa. O estado de São Paulo está em fase emergencial de combate à pandemia de covid-19, com restrição de serviços não essenciais para combater aglomerações.

O cantor MC Gui, que também estava no cassino e foi conduzido à delegacia, está na mesma situação do jogador do Flamengo, assim como outros frequentadores. Já "o representante da casa e funcionários", segundo o B.O., foram incursos também no artigo 50, parágrafo terceiro, da lei 3.688/41, que trata da proibição de jogos de azar.

Em entrevista ao Fantástico, Gabigol disse que "faltou sensibilidade" a ele no episódio, mas que ele se dirigiu ao cassino clandestino apenas para jantar com amigos, não para jogar. O consumo de alimentos em bares e restaurantes, porém, também está proibido em São Paulo na atual fase do estado emergencial. De acordo com o delegado Nico Gonçalves, o jogador estava escondido embaixo de uma mesa quando os policiais o abordaram.



Segundo o colunista do UOL Esporte Mauro Cezar Pereira, o Flamengo não pretende multar Gabigol pelo ocorrido, por entender que se trata da "vida pessoal" do jogador. O atleta, assim como outros integrantes do elenco principal do Rubro-Negro, estava em seu último dia de férias no domingo.

Flamengo, Polícia, Civil, Aponta, Gabigol, Contravenção, Furar, Quarentena, Mengão

807 visitas - Fonte: Uol


VEJA: Flamengo teme perder atletas para as seleções

CONFIRA: Clube do Flamengo nacionaliza captação de promessas













Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Gabigol tá erradissimo mais os caras escrever que Gabigol é responsável por isso é palhaçada de quem escreveu isso

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:00 - Maracanã - SBT;FOXSPORTS
Flamengo
LDU

Último jogo - Carioca

Sábado - 21:15 - Maracanã
Fluminense
1 1
Flamengo