11/5/2021 10:18

Flamengo enfrenta La Calera para espantar "traumas" e por alívio no calendário

Flamengo enfrenta La Calera para espantar traumas e por alívio no calendário

Jogadores do Flamengo antes da partida contra o Unión La Calera, pela Libertadores
Imagem: Marcelo Cortes / Flamengo


O Flamengo entra em campo contra o Unión La Calera, do Chile, hoje (11), em duelo que pode garantir a equipe nas oitavas de final da Libertadores, deixar alguns traumas para trás e ajudar na "virada de chave" para a final do Campeonato Carioca. O duelo será realizado no Estádio Nicolás Chahuán Nazar, às 21h30 (de Brasília).



Com nove pontos e líder do Grupo G, a equipe do técnico Rogério Ceni pode chegar a 12 e encaminhar vaga na próxima fase com duas rodadas de antecedência. Neste cenário, o triunfo, além dos três pontos, pode virar a "página chilena", que até aqui não é das mais positivas.


LEIA TAMBÉM: Flamengo acerta parceria e Havan é a nova patrocinadora


Em duelos no país, de acordo com o site "Fla Estatística", foram 28 jogos, com 12 vitórias, três empates e 13 derrotas. Em competições sul-americanas, recentemente, alguns resultados custaram caro à equipe da Gávea.

Um dos exemplos mais marcantes foi contra a Universidad de Chile, na Libertadores de 2010. Mesmo com a vitória por 2 a 1 no Estádio Santa Laura, em Santiago, o Fla foi eliminado nas quartas de final — o jogo ficou marcado por um belo gol de Montillo. Na mesma competição, em 2002, uma derrota por 2 a 1 contra a Universidad Catolica, na quinta rodada da fase de grupos, acabou decretando o adeus à competição.

Em 2010, novamente contra a Universidad Catolica, além de um revés por 2 a 0, o Rubro-Negro trouxe na bagagem um clima pesado após uma briga no vestiário envolvendo o goleiro Bruno e o meia Petkovic. "No intervalo da partida, o goleiro Bruno, capitão do time, e o meia Petkovic, jogador mais velho do elenco, discutiram asperamente e o camisa 1 chegou a dar um empurrão no sérvio. Em seguida, os demais jogadores separaram e evitaram que ambos, de fato, brigassem", relatou o UOL Esporte à época.

Já na Sul-Americana de 2011, o Fla encarou a Universidad de Chile precisando de "um milagre" após perder por 4 a 0 em casa. O feito não aconteceu e a equipe caiu nas oitavas.

De lá para cá, o clube da Gávea se reorganizou e, atualmente, atravessa uma nova fase, tendo conquistado a Libertadores de 2019 e sendo apontado como um dos favoritos na atual edição. Tal favoritismo pode ser comprovado logo mais.

Com 100% de aproveitamento, o time comandado por Ceni pode abrir larga vantagem no grupo, carimbar o passaporte para a próxima fase e respirar "um pouco mais aliviado" em um apertado calendário. Isso pode até mesmo facilitar o planejamento visando a final do Campeonato Carioca. Na decisão, que vai ocorrer nos dois próximos sábados, o Fla terá o clássico com o Fluminense.

Este bom início de temporada pode ajudar Ceni a dar mais um passo para se consolidar junto à torcida. Mesmo campeão do Brasileiro, o treinador ainda tenta conquistar de vez os rubro-negros.

O técnico, por sua vez, alerta para o que pode se tornar um obstáculo a mais para o time do Rio de Janeiro no duelo de hoje à noite.

"Eu acho que é um jogo complicado. O La Calera joga as últimas fichas numa possível vitória contra o Flamengo. O gramado sintético é um pouco estranho para nós, a bola trabalha em uma velocidade alta. O Vélez foi lá e venceu. Mas temos que ver que o La Calera ficou com dois jogadores a menos. Contra a LDU, foi um jogo bem parelho, que eu pude assistir ao vivo. Estava ganhando até o minuto 81, mais ou menos, quando teve mais uma finalização na trave. E, em um contra-ataque, acabou sofrendo o gol", disse, após o triunfo sobre o Volta Redonda, na semifinal do Carioca, no último sábado (8).

"Agora, se formos bem objetivados, se formos cientes do que tem que ser feito, temos condições de trazer um resultado positivo, uma vitória. Mas é um jogo de Libertadores, um jogo difícil", completou.

Desfalques
O Flamengo não terá algumas peças do time titular à disposição. O goleiro Diego Alves, por exemplo, se recupera de uma fibrose na coxa direita. A tendência é que Hugo seja titular, mas Gabriel Baptista corre por fora.



Além disso, o zagueiro Rodrigo Caio está em fase de transição após incômodo no músculo adutor da coxa direita e o volante Gerson trata lesão na coxa esquerda. O lateral esquerdo Renê se recupera de uma lesão muscular na coxa direita, enquanto o atacante Michael acusou dores na panturrilha esquerda após o jogo com o Volta Redonda, no último sábado.

FICHA TÉCNICA

LA CALERA X FLAMENGO

Competição:
Copa Libertadores
Local: Nicolás Chahuán Nazar, La Calera (CHI)
Dia: 11 de maio de 2021, terça-feira
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Sebastian Vela (COL)

La Calera: Martín Arias; Ramírez, García, Christian Vilches e Oyanedel; Fernández, Laba, Wiemberg e Jeisson Vargas; Vilches e Rivero. Técnico: Luca Marcogiuseppe

Flamengo: Hugo Souza; Isla, Willian Arão, Bruno Viana e Filipe Luís; Diego Ribas, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni

Flamengo, enfrenta, La Calera, alívio, calendário

1767 visitas - Fonte: Uol


CONFIRA: Flamengo negocia com ex-jogador do São Paulo para substituir Gerson

VEJA: CBF não paga salários de atletas do Flamengo e Palmeiras e fatura R 30 mi














Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Campeonato Brasileiro

Quarta - 19:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Fortaleza

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã
Flamengo
2 0
Coritiba