13/7/2021 09:35

Rogério Ceni sai menor do Flamengo mesmo com os títulos, diz comentarista

Rogério Ceni sai menor do Flamengo mesmo com os títulos, diz comentarista

Rogério Ceni foi demitido pelo Flamengo na madrugada do último sábado (10) depois de uma passagem que durou oito meses e teve títulos como o do Campeonato Brasileiro de 2020, além da Supercopa do Brasil e do Campeonato Carioca, além de algumas marcas deixadas no time, como a escalação de Willian Arão de zagueiro e a de Diego como volante, ao mesmo tempo em que alguns fatores causaram críticas ao treinador.



No podcast Posse de Bola #142, Arnaldo Ribeiro afirma que Ceni repetiu no Flamengo, guardadas as proporções, um pouco do que fez sua passagem pouco duradoura pelo Cruzeiro, neste caso não com problema em relação aos jogadores, mas em relação ao ambiente em geral do clube rubro-negro, considerando que ele sai da Gávea menor do que chegou.


LEIA TAMBÉM: Renato Gaúcho herda de Rogério um time que tem padrão de jogo


"Se você for comparar o período em que ele foi contratado, saindo do Fortaleza, do segundo tralho no Fortaleza, ele sai menor mesmo com os títulos. É curioso, porque se você pegar um Campeonato Brasileiro com a assinatura dele, um estadual que é meio a obrigação, mas ele ganhou, e o confronto com o Palmeiras que ele ganhou, o time ganhou nos pênaltis, se você pegar o currículo, ninguém viu o trabalho, ninguém sabe dos bastidores, pegar só o papel, Rogério Ceni no Flamengo, três campeonatos, diz Arnaldo.

"Ele sai na verdade, na minha opinião, com a mesma impressão que ele saiu do Cruzeiro, salvo algumas situações específicas de Cruzeiro e Flamengo, o Cruzeiro já era um barco furado, o Flamengo não é um barco furado, mas com a dificuldade absoluta de relacionamento, da coisa do ambiente. O ambiente não é só com os jogadores, ele tentou construir com os seus principais jogadores do Flamengo, até com algumas contradições, um ambiente que o sustentasse, mas se esqueceu do entorno", completa.

O jornalista afirma que Rogério Ceni mostrou sua capacidade como treinador, mas precisa trabalhar a relação com o ambiente e a sua comunicação, considerando também que será difícil que ele tenha espaço em um clube grande em um curto prazo.

"Essa dificuldade do Rogério em criar ambiente em clube grande, as questões das entrevistas, dificuldade de assumir erros, em um clube grande, onde você tem que dar entrevista todo dia, todo jogo, é uma coisa que ameaça a carreira dele em clube grande. Ele é um bom treinador e ele trabalha para caramba, isso já está claro", diz Arnaldo.



"Qual outra oportunidade que ele vai ter em um clube do tamanho do Flamengo ou próximo ao Flamengo? Se ele queimou, até por conta da sua inabilidade de lidar com as coisas, com a torcida do São Paulo. Palmeiras e Corinthians ele não vai dirigir, Grêmio e Inter trocaram treinadores recentemente, algum outro clube do Rio? Fluminense? Não sei, acho pouco provável, então onde ele vai se encaixar aqui? Candidato à seleção brasileira, que ele já chegou a ser na época do Fortaleza? Não é também. Acho que ele tem que pegar esse tempo para cuidar da saúde, da cabeça e planejar como ele vai voltar ao futebol", conclui.

Rogério Ceni, Flamengo, títulos

621 visitas - Fonte: Uol


VEJA: Negociação do Carioca com Globo congela, e há impasse na divisão de receita

CONFIRA: Análise: Flamengo dá motivos para preocupar o torcedor
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Vale ressaltar que o Diego joga de Volante desde a época do JJ.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã - TVGlobo
Flamengo
Athletico-PR

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã
Fluminense
3 1
Flamengo