14/10/2021 10:12

Análise: Flamengo encontra encaixe, supera desfalques e fecha data Fifa em alto nível contra o Juventude

Renato ajusta meio de campo e time tem melhor atuação em série delicada sem jogadores de seleção. Proximidade entre Arão e Thiago Maia dá equilíbrio e Andreas brilha

Análise: Flamengo encontra encaixe, supera desfalques e fecha data Fifa em alto nível contra o Juventude

Uma atuação para deixar claro: o vírus Fifa não pegou o Flamengo dessa vez. A vitória sobre o Juventude não foi só categórica pela performance avassaladora no primeiro tempo. Foi importante também para que o time passasse ileso ao período de ausência de seus principais jogadores, sem que o Atlético-MG ampliasse a vantagem na disputa pelo título do Brasileirão.



Com um rendimento que evoluiu gradativamente, o Flamengo fez sete pontos em nove na data Fifa. Bem melhor que os três pontos contra os mesmos adversários no turno. De quebra, vai para sequência do Brasileirão com a convicção de que o clichê de “elenco forte” faz ainda mais sentido .

Depois de atuação mediana contra o Bragantino e eficiente diante do Fortaleza, a equipe de Renato Gaúcho foi avassaladora contra o Juventude e com alternativas táticas interessantes. A principal delas apresentou um triângulo no meio de campo, com Willian Arão e Thiago Maia alinhados na cabeça da área, e Andreas espetado como meia atrás dos atacantes. Deu muito certo.



Renato inverteu o triângulo em relação ao posicionamento do jogo com o Fortaleza e resolveu dois problemas em uma tacada só. Andreas ocupou o buraco que ficou entre os volantes e Pedro, facilitando a vida do centroavante. E Thiago Maia se viu ainda mais à vontade recuado.

O comportamento dos volantes, por sinal, foi interessante e foi possível ver um Willian Arão mais solto e se aproximando da área ofensiva como há muito não acontecia. Se o camisa 5 subia, Maia guardava posição, e vice-versa.


Além do acerto no posicionamento, o Flamengo mudou a postura, marcou em cima e não deixou o Juventude respirar. Com Kenedy aberto e Matheuzinho inspirado, a maioria das jogadas eram construídas pela direita.

A esta altura, com 25 minutos de jogo, era inimaginável outro resultado que não fosse a vitória rubro-negra. O ímpeto ofensivo era constante, a marcação alta funcionava e o adversário não tinha espaços. O terceiro era questão de tempo e foi o gol que causou a maior explosão no Maracanã.



Foi assim que Kenedy testou Douglas logo no início, Matheuzinho acertou a trave pouco depois, e novamente Kenedy abriu o placar na sequência. Com o perde e recupera no campo ofensivo, o Flamengo deixava o Juventude acuado e ampliou com Pedro após cruzamento de Michael em rara jogada desenvolvida pela esquerda.

390 visitas - Fonte: Globo esporte


VEJA: Negociação do Carioca com Globo congela, e há impasse na divisão de receita

CONFIRA: Governo do Uruguai libera 75 da capacidade do estádio Centenário para final da Libertadores
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Time ontem jogou pra caralho, sem Vitinho o time era outro. Sem desmerecer Vitinho. Todos correndo, marcando, com jogadas rápidas. No segundo deu uma freada mais importante e ganhar e conquistar os 3 pontos. Espero que Renato ultilize mais o Kenedy e deixa o Vitinho na reserva. Vitinho cai demais de produção. Quando ele próprio nos surpreende logo depois cai de produção. Ai e difícil manter no elenco. Mais torço por ele.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã - TVGlobo
Flamengo
Athletico-PR

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã
Fluminense
3 1
Flamengo