29/10/2021 13:59

Ataque do Flamengo definha em sequência ruim de resultados

Ataque do Flamengo definha em sequência ruim de resultados

Gabigol, durante a partida entre Flamengo e Athletico-PR — Foto: André Durão

A produção recente do ataque do Flamengo simboliza bem a mudança de rumo no trabalho de Renato Gaúcho no clube. Após um início de goleadas em profusão, o time passou a encontrar dificuldades para balançar as redes: nas últimas cinco partidas, apenas um gol foi marcado em uma jogada construída e com a bola rolando.



A tabela entre Pedro e Kenedy no primeiro gol da vitória sobre o Juventude por 3 a 1 foi o último resquício de jogada bem trabalhada.


LEIA TAMBÉM: Renato Gaúcho entrega o cargo após eliminação, mas diretoria não aceita


De lá para cá, o Flamengo marcou outros cinco gols: três em bola parada e um originário de pressão de Michael em um defensor do Juventude, após passe errado de Filipe Luis, que culminou no cruzamento para o gol de Pedro. Por fim, houve o gol de Renê no Fla-Flu, resultado de um dividida do lateral com a defesa rival.

Ao todo, são seis gols em cinco jogos, média de 1,2 por partida. O contraste com o início de trabalho é claro: 21 gols nas cinco primeiras partidas sob o comando de Renato, média de 4,2 por duelo. Outro símbolo da atual fase é Gabigol, que vive jejum de oito jogos sem marcar.

Flamengo nos últimos cinco jogos, em levantamento do Espião Estatístico:

6 gols em 79 finalizações (1 gol a cada 13,2 finalizações)
30 finalizações na direção da meta (38% certas)
49 finalizações erradas (62% erradas)
Como saíram os seis gols do Flamengo?

1 de falta (Andreas Pereira);
1 de pênalti (Pedro);
4 com bola rolando (Pedro, Renê, Michael e Kenedy), 2 deles fruto de rebatidas (Thiago Maia e Renê) e outros 2 tiveram assistências (Pedro, em passe de Michael; Kenedy, em tabela com Pedro);
1 dos 4 com bola rolando saiu a partir de bola parada (Thiago Maia);
1 dos 4 com bola rolando começou com desarme de Michael, que deu o passe para gol de Pedro, contra o Juventude.



Nos últimos cinco jogos, o Flamengo mostrou dificuldade para superar defesas muito fechadas. Foi assim no empate em 0 a 0 com o Cuiabá no Maracanã e na derrota para o Fluminense por 3 a 1. A sequência, aliás, é a pior do time na temporada: são quatro partidas sem vencer. Em entrevistas anteriores, Renato chegou a se queixar por enfrentar times muito defensivos.


- Quando você pega uma equipe bem fechada, ela tira todos os espaços, ela não deixa você chutar. No futebol é muito mais fácil destruir do que construir. No momento, por mais talentosos que sejam os jogadores, se eles não tiverem espaços para construir, fica difícil. Então é mais fácil fazer falta, dar um chutão para frente, entregar a bola para o adversário e ficar fechadinho. É uma equipe que se propôs a não tomar o gol. Não ofereceu perigo nenhum. Jogaram fechados. Vieram com essa proposta e deu certo. Martelamos, mas a bola não entrou - disse Renato após o empate com o Cuiabá.

Desfalques diminuem opções ofensivas

Em defesa de Renato, há o fato de, nos últimos cinco jogos, tem tido um elevado número de desfalques para montar a equipe. Bruno Henrique e Gabigol, dupla de ataque titular, só atuaram juntos contra o Athletico-PR - o camisa 9 esteve sozinho nos duelos com Cuiabá e Athletico (em Curitiba). Arrascaeta, líder em assistências na temporada, esteve fora em todas as partidas.

- A responsabilidade é toda minha. O grupo não tem culpa de nada. O Athletico foi lá três ou quatro vezes e conseguiu três gols. Se for ver as oportunidades, o Flamengo teve mais de 20. Uma equipe desorganizada não cria tanto. Infelizmente, para a gente hoje, a bola não quis entrar - disse Renato, após a derrota para o Athletico.



Contra o Atlético-MG, no próximo sábado, Renato seguirá sem poder contar com Arrascaeta. Pedro, outra opção ofensiva, ainda se recupera de uma artroscopia no joelho. Por outro lado, Bruno Henrique e Gabigol continuam à disposição.

Ataque, Flamengo, definha, sequência, ruim, resultados

576 visitas - Fonte: globoesporte


VEJA: Alvo de Flamengo e São Paulo, Soteldo negocia com novo clube para 2022

CONFIRA: Ferreira está na pauta do Flamengo para substituir Michael

E MAIS: DIEGO COSTA FECHOU? TATY NO VERDAO? LEILA EM CRISE; ISCO NO FLA? ARRASCAETA; IVAN E +2 NO TIMAO;













Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Temos que acerta a marcacao, nossa defesa vai para o ataque e nao voltam para marcar. Fluminense aproveitou essa falha , o Atletico Paranaense foi 2 vezes. Perdemos a chance de ser Campeao.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Quarta - 12:00 - Maracanã - Record
Flamengo
Portuguesa-RJ

Último jogo - Brasileiro

Quinta - 21:30 - Arena do Dragão
Atlético-GO
2 0
Flamengo