3/11/2021 14:00

Léo Moura revela o que ouviu de Filipe Luís e Diego Alves sobre Renato

Léo Moura revela o que ouviu de Filipe Luís e Diego Alves sobre Renato

Léo Moura viveu outra época de Flamengo. Mesmo tendo conquistado títulos importantes, como o Campeonato Brasileiro e duas vezes a Copa do Brasil, o ídolo da Nação, vê, hoje, o clube carioca em outro patamar.



Você acompanha a grande decisão da Conmebol Libertadores de 2021 com transmissão AO VIVO no FOX Sports e também pela ESPN no Star+ no dia 27 de novembro, com bola rolando a partir de 17h (de Brasília).


LEIA TAMBÉM: Em novo balancete, Flamengo aponta superávit até setembro e reduz dívida; veja os números


Em entrevista ao programa "Cara a Tapa", do jornalista Rica Perrone, o ex-lateral-direito revelou que esteve recentemente no CT Ninho do Urubu e conversou com Filipe Luís e Diego Alves, estrelas do atual elenco. O assunto: Renato Gaúcho.

Sobre a conversa, Léo Moura apontou uma unanimidade dentro do elenco do Flamengo a partir do papo batido com os atuais jogadores: a adoração pelo atual treinador.

"Eu fui há umas três semanas no Ninho (do Urubu). Estou esperando para começar o treino, fiquei conversando com o Diego (Alves), goleiro, e com o Filipe Luís. Eles falaram: 'Léo, a alegria que esse cara trouxe para o time, a confiança dos jogadores que estavam sendo massacrados... Léo, esse cara é o cara. Tem a diferença para o Jorge Jesus, mas o que ele está fazendo é um p*** do cara. Todos apaixonados por ele. (Adoram) Muito. Os caras respeitam. Ele falava, vou mostrar meu DVD, na brincadeira", começou por afirmar o ex-lateral-direito, que trabalhou com Renato Gaúcho no Grêmio e conquistou a Conmebol Libertadores em 2017.

"Arthur, Darlan, Ferreirinha, Pepê, Everton Cebolinha... Foi um dos caras que trabalhei, além de ser um p*** gestor de grupo que nunca vi, ele deixava o grupo todo feliz, isso é impossível. Os caras de fora queria que os que estavam jogando arrebentasse. No treino, tem que treinar, eu conheço todos vocês. No estádio que você tem que me mostrar. Ele entende, jogou. Lógico, o auxiliar é muito, o Alexandre Mendes. Por mais que as pessoas acham que ele não ouve. Você fala para ele, ele não fala na hora, mas ele processa para fazer. Eu era um elo dele com os jogadores. Jogou, foi campeão, falar que não sabe nada, entregador de colete. Olha o currículo, fazendo o time jogar", completou.



Léo Moura se despediu oficialmente do Flamengo no dia 4 de março de 2015, em jogo amistoso contra o Nacional-URU, no Maracanã, onde inclusive foi homenageado pelo maior ídolo da história do clube, Zico. Logo em seguida, rumou para o Fort Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos.

Durante sua passagem pelo clube carioca, Léo conquistou uma infinidade de títulos, entre eles o Brasileirão de 2009 e as Copas do Brasil de 2006 e 2013. Além disso, foi pentacampeão carioca. O jogador se aposentou recentemente, em 2020, a serviço do Botafogo-PB.

Léo Moura, revela, Filipe Luís, Diego Alves, Renato

1842 visitas - Fonte: ESPN


VEJA TAMBÉM
- Flamengo conclui preparação para o confronto contra o Goiás
- Oitavas de final da Libertadores 2022: veja os times já classificados e quando será o sorteio
- MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra o Goiás?

VEJA: Flamengo estaria de olho na contratação de destaque do Internacional, diz jornalista

CONFIRA: Jorge Jesus quer levar Gabigol, do Flamengo, para o Fenerbahçe, clube turco com o qual negocia















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 16:30 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Goiás

Último jogo - Libertadores

Terça - 21:30 - Maracanã
Flamengo
3 0
Univ. Católica