4/2/2013 11:42

Netos de Zico, urros da torcida e dribles: uma tarde do novo xodó rubro-negro, Rafinha

Netos de Zico, urros da torcida e dribles: uma tarde do novo xodó rubro-negro, Rafinha

A atuação exuberante contra o Vasco apresentou o atacante Rafinha de vez para a torcida rubro-negra. Participações em três gols, autoria de um, craque do jogo. Tudo deu certo. Os reflexos foram sentidos diante do Nova Iguaçu, no Engenhão. Assim que o time entrou em campo, o camisa 11 era fácil de confundir com outras crianças, os mascotes que acompanham a equipe. Camisa larga, número 11 às costas. Mas companhia com sangue rubro-negro real. Junto de Rafinha, entraram em campo duas crianças. Uma no colo, outra de mãos dadas. Nada menos do que filhos de Bruno Coimbra. Ou melhor, os netos de Zico, Felipe e Gabriel. Em um dos camarotes do Engenhão, o próprio ídolo rubro-negro acompanhava mais um jogo do pupilo. E a torcida na arquibancada mostrou que Rafinha está mesmo em alta.

O alto-falante anunciava a escalação rubro-negra. Um a um, os jogadores eram anunciados sem grande alarde. Os torcedores pareciam até um tanto quanto indiferentes. Até Rafinha ser citado. Palmas, urros, empolgação. O jogador mexeu com a galera. Em seguida, um grito ecoou no Engenhão: "Ei, ei, ei, o Zico é nosso Rei!". À beira do gramado, homenagens ao Galinho, um dos responsáveis por levar Rafinha para o Flamengo, pelos seus 60 anos. Posicionado na linha lateral, o atacante aguarda para uma entrevista com uma rede de televisão. É procurado, assediado. E a bola, enfim, rola. Logo, Rafinha se posiciona do lado direito, quase na ponta. Bola dominada, dribles para a esquerda, para direita. Trombada do zagueiro. A torcida reclama. Xinga o árbitro. Rafinha ainda acumulava o status de xodó dos rubro-negros após a apresentação diante do Vasco.

A chuva, que havia dado uma trégua, reaparece no Engenhão e dificulta a vida do baixinho com o número 11 do Flamengo às costas. Campo pesado. Pelo destaque contra o Vasco, é vigiado sempre de perto por uma camisa laranja do Nova Iguaçu. Rafinha corre e lá estão duas delas, cintilantes, como um cães ferozes atrás da caça. Rafinha dá um corte seco com a bola. Uma camisa, desajeitada, cai. A outra tenta chegar perto. E a bola é cruzada na área. A galera aplaude. Como tem crédito, esse Rafinha. Chega o intervalo.

No segundo tempo, Rafinha sobe as escadas do vestiário devagar, quase num trote. O placar sem gols parece incomodá-lo. Novamente, procura dos repórteres. Ele fala rapidamente. E volta para o jogo. Rola a bola. Para ele mesmo, Rafinha. Dribles, jogadas, perseguição de adversários. O enredo parece igual ao da primeira etapa. O garoto de 20 anos olha para a torcida, pede incentivo, com os braços para cima. Recebe aplausos, gritos. Em seu quinto jogo como profissional, ele já mostra cansaço. Passa a trotar. Mas há fôlego ainda para comemorar o gol suado de Hernane. Flamengo 1 a 0. Minutos depois, sobe a placa na beira do gramado. O número 11 aparece aceso, forte. Devagar, o atacante vai ao encontro de Thomás, seu substituto. É aplaudido, tem o nome gritado enquanto caminha ao banco de reservas. Retribui o carinho, também, com palmas. O árbitro apita e o Flamengo vence mais uma no Carioca. Aos microfones, Rafinha admite o dia difícil.

"O gramado estava muito pesado, para conduzir a bola fica difícil. Não demos show, mas o resultado foi positivo. O time veio bem atrás, temos de batalhar para chegar forte. Não é sempre que vamos jogar muito bem, mas vamos tentar sempre o máximo", disse o garoto.

Antes de descer para o vestiário, um último olhar para a arquibancada. Acenos, gritos pelo nome. Rafinha ganhou mesmo lugar nos corações rubro-negros.

3828 visitas - Fonte: ESPN


VEJA TAMBÉM
- De volta ao Brasil e com futuro indefinido, Thuler terá férias antes de reapresentação no Flamengo
- Últimas notícias do Flamengo: 5 notícias do Rubro-Negro que bombaram hoje (23/05)
- De volta ao radar? Paulo Sousa teria dado aval para Fla retomar negociações com meio-campista

VEJA: Saiba quando e como serão definidos os duelos das oitavas da Libertadores e da Sul-Americana

CONFIRA: De volta ao radar? Paulo Sousa teria dado aval para Fla retomar negociações com meio-campista















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Terça - 21:30 - Maracanã - SBT,ESPN
Flamengo
Sporting Cristal

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 16:30 - Maracanã
Flamengo
1 0
Goiás