2/1/2013 14:01

Mãe de Love diz: 'Ele me falou que se não fosse jogador, seria mendigo'

Família é decisiva na trajetória do artilheiro, que pensou em parar de jogar futebol após ser cortado do Vasco aos 16 anos

Mãe de Love diz: Ele me falou que se não fosse jogador, seria mendigo

Quando criança, Vágner Love disse para a mãe que se não fosse jogador de futebol, seria mendigo. Seu amor pela bola é tão grande que ele passou a carregar a palavra no próprio nome, posteriormente. No entanto, ao ser cortado do Vasco, quando tinha 16 anos, por conta da baixa estatura, ficou decepcionado e pensou até em desistir do esporte. Isso até ouvir o conselho de uma pessoa muito importante.

- Eu sabia que era a coisa que ele mais gostava de fazer. Depois do que aconteceu, perguntei: ‘você vai desistir?’ – lembra dona Jaira, mãe de Love.

A mãe e a irmã do jogador são exemplos de dedicação. Auxiliar de enfermagem durante 17 anos, Jaira sempre trabalhou de noite para poder cuidar dos filhos no resto do dia. E assim como a irmã Vânia, que é dançarina, Love sempre usou a ginga dentro e fora de campo.

- Ele adorava dançar lambada. Menino não é muito disso mas, nas festas, ele sempre chamava as meninas para dançar – revela a irmã.

Nascido em Bangu, começou no futebol atuando pelo clube alvirrubro. No Campo Grande, fez seu primeiro gol como jogador federado, aos onze anos. A essa idade já era elogiado e muitos diziam que ele ia parar na Seleção. Dito e feito: com a amarelinha, fez dupla de ataque de Robinho e balançou as redes quatro vezes em 20 jogos.

Após ser dispensado do Vasco, o artilheiro do amor deu a volta por cima. Pelo Palmeiras, marcou 32 gols na Copa São Paulo de Futebol Júnior e chamou atenção dos russos do CSKA. O atacante saiu do país e a família foi junto.

- Como todo mundo estava junto foi mais fácil. A gente ia para os jogos e às vezes ia para os treinos. E, além disso, ainda tinha a comida da mamãe – brinca Vânia.

Emprestado pelo clube russo, foi acolhido por seu clube de coração, o Flamengo, no começo de 2010. Retornou ao CSKA e, em janeiro de 2012, foi repatriado pelo Rubro-Negro. As trancinhas coloridas novamente se tornaram vermelhas. Mas o sonho ainda não acabou.

- O sonho dele é ganhar um campeonato pelo Flamengo – diz a mãe.

4764 visitas - Fonte: Globo Esporte


CONFIRA: Pedro testa positivo para Covid-19 e Flamengo aguarda contraprova

VEJA: STJD indefere liminar do Fla para paralisar Brasileiro durante Copa América














Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 21:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
RB Bragantino

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã
Flamengo
2 0
Coritiba