26/9/2021 09:41

Ex-companheiro lembra quando Gabigol saiu do videogame direto para decidir jogo e crava: É o momento para voltar à Europa

Ex-companheiro lembra quando Gabigol saiu do videogame direto para decidir jogo e crava: É o momento para voltar à Europa

Hoje brilhando com a camisa do Flamengo e escrevendo o nome na história do Rubro-Negro, Gabigol mostrava, desde os primeiros passos no Santos, que era 'predestinado'. E quem revelou isso foi Thiago Ribeiro.



O jogo de volta entre Barcelona e Flamengo está marcado para quarta-feira (29), às 21h30, com transmissão AO VIVO no FOX Sports e também pela ESPN no Star+. Clique aqui para mais informações.


LEIA TAMBÉM: Flamengo prevê mais de R 100 milhões por ano com sua própria "Netflix"


Ex-companheiro do camisa 9 no ataque do Santos entre 2013 e 2015, o atacante, atualmente na Chapecoense, falou em entrevista ao ESPN.com.br e relembrou um dos primeiros grandes momentos em que Gabigol mostrou que tinha estrela para brilhar.

Foi em 2013, na Copa do Brasil, diante do Grêmio, na Vila Belmiro, em partida válida pelas oitavas de final. Aos 16 anos, a revelação santista foi relacionada de úlitma hora para ficar no banco. Na segunda etapa, entrou no lugar de Neilton e, no primeiro jogo pelos profissionais, marcou o gol da vitória.

“O Gabriel sempre foi um jogador de muita personalidade, desde novo. Eu peguei o início dele no profissional. Já entrou em jogo em que nem relacionado estava, ele não tinha nem 17 anos naquele momento. Estava fora da convocação e vários dos jogadores que não estava convocados iam no vestiário, antes da oração, para participar da corrente. Gabigol estava ali e eu lembro que o Victor Andrade, relacionado para o jogo, tomou um medicamento que não podia e não avisou ao doutor. Quando ele ficou sabendo, preferiu tirar ele do jogo, para não correr o risco do anti-dopping. O Claudinei viu que o Gabriel estava no vestiário e já pediu para ele se trocar para entrar no lugar do Victor", começou por afirmar.

"Ele ficou no banco, entrou e fez o gol da vitória contra o Grêmio. Desde novo, ele já era iluminado. O jogador, em um dos primeiros jogos, oitavas de final da Copa do Brasil, entrar, marcar. Já mostrava estrela desde novo. E sempre mostrou muita qualidade na hora de finalizar, inteligência na movimentação. Pode reparar que ele sempre procura se posicionar para atacar o espaço, receber a bola em profundidade, sair na cara do gol. Quando ele abre na ponta, fugindo da marcação, para ter espaço para conduzir, tirar para dentro e finalizar. Ele só foi aprimorando, com o passar dos anos, até se tornar o que se tornou. Mas quem conheceu no início, sabe que ele já tem essas qualidades desde novo. O que ele fez foi aprimorar”, completou.

"Vim aqui para ver o jogo. Entrei no vestiário para dar força aos amigos e fiquei sabendo que ia jogar. Não trouxe chuteira, nem nada...(risos). Entrei e fiz o gol, meu primeiro gol, vou guardar pelo resto da vida. Agora vou para casa, deitar e jogar mais videogame", disse Gabigol após a partida.

Volta à Europa

Depois de brilhar com a camisa do Santos, Gabigol foi negociado com a Inter de Milão. Em seguida, passou pelo Benfica, mas o desfecho foi parecido: poucos jogos e apenas um gol marcado.

Na volta ao Brasil, no entanto, retornou ao Peixe e brilhou, sendo artilheiro do Campeonato Brasileiro em 2018. No ano seguinte, foi para o Flamengo e entrou para a história do Rubro-Negro enfileirando títulos.

Por toda a história que Gabigol construiu novamente no Brasil, Thiago Ribeiro vê o momento certo para o atacante retornar à Europa, brilhar, agora mais maduro, e apagar o rótulo que foi associado ao seu futebol no Velho Continente.

“Eu acho que o Gabigol já deveria pensar a partir da próxima janela, em janeiro, ou meio do ano que vem, verão europeu, para ir para um grande clube da Europa. Acho que é o momento. Ele está com 25 anos, se não me engano, a idade que fui para a Itália. Se ele for ano que vem, 26 anos, poderia jogar sete, oito anos em alto nível na Europa. Acredito que é o momento para voltar, até porque ele ficou rotulado como jogador que arrebenta no Brasil, mas não deu certo na Europa. Mas eu acredito que ele não conseguiu jogar o que pode na Inter e no Benfica, não por questão técnica, porque ele é bom jogador".

"Eu falo que o jogador que joga no Brasil, joga em qualquer lugar, quando tem talento. Às vezes, o que atrapalhou o Gabigol foi a mentalidade. Porque, quando a gente vai jogar em um outro futebol, a gente tem que se adaptar ao lugar e entender que o dia a dia, a cultura, o que acontece dentro de campo são coisas diferentes do Brasil. E nós que vamos ter que nos adaptar àquele estilo, não eles que se adaptam a nós. Falo isso por mim, porque, muitas vezes, queria que os jogadores de lá fizessem aquilo que eu já estava acostumado. E quem tinha que se adaptar a eles era eu", continou.



"Talvez, foi isso que aconteceu com o Gabigol. Achar que os jogadores iam se adaptar a ele. Talvez, ele não estava na mentalidade certa. Hoje, acredito que seria diferente. Porque ele já sabe como funciona lá, como o europeu pensa”, completou.

O Flamengo de Gabigol volta a campo contra o América-MG, no domingo (26), às 11h (horário de Brasília), no Independência, pelo Brasileirão.

Ex-companheiro, Gabigol, videogame, jogo

1170 visitas - Fonte: ESPN


VEJA: Negociação do Carioca com Globo congela, e há impasse na divisão de receita

CONFIRA: Governo do Uruguai libera 75 da capacidade do estádio Centenário para final da Libertadores
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã - TVGlobo
Flamengo
Athletico-PR

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã
Fluminense
3 1
Flamengo