23/10/2021 21:17

Repleto de desfalques, Flamengo é superado pelo Fluminense no Brasileirão

Repleto de desfalques, Flamengo é superado pelo Fluminense no Brasileirão

Flamengo e Fluminense entraram em campo na noite deste sábado (23), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Repleto de desfalques importantes, o Mengo foi a campo com a força máxima disponível. Em noite de péssima atuação, o Tricolor venceu o duelo por 3 a 1. Com mais um tropeço, o Rubro-Negro perdeu posição na tabela e pode ver a distância do Atlético-MG aumentar ainda mais.



O Tricolor se mantém na oitava colocação do campeonato, agora com 38 pontos. Já o Mengão fica com 46 pontos, dez a menos que o líder Atlético-MG, e perde a vice-liderança para o Fortaleza, que chega aos 48.

As duas equipes voltam a campo nesta quarta-feira (27), por competições diferentes. Às 19h, o Fluminense visita o Santos na Vila Belmiro, em jogo atrasado da 23ª rodada do Brasileirão. Mais tarde, às 21h30, o Flamengo decide uma vaga para a final da Copa do Brasil em casa, contra o Athletico Paranaense.

Quem foi bem: John Kennedy

Ele tinha feito apenas dois gols na temporada e nenhum no Brasileirão. Mas, aproveitando as ausências de Fred e Bobadilla, John Kennedy correu muito enquanto aguentou e apareceu muito bem na área para marcar duas vezes pelo Tricolor. De maca, saiu de campo de aplaudido aos 32 do segundo tempo.

Quem foi mal: Diego

O experiente jogador teve um primeiro tempo muito apagado. O único momento que apareceu no jogo foi ao levar cartão amarelo logo aos sete minutos, por uma falta dura em André. Como era o único pendurado do time, fica de fora da próxima partida do Brasileirão, o confronto contra o líder Atlético-MG.

Posse improdutiva

O Rubro-Negro começou a partida encurralando o rival. Acuado, o Flu pouco trocava passes e não conseguia sair da pressão. Matheuzinho, após o desvio de Gustavo Henrique, testou no travessão de Marcos Felipe, perdendo uma grande oportunidade aos seis minutos. Pouco depois, Michael ainda teve outra chance.

Mas, aquele velho ditado do futebol de 'quem não faz, toma' apareceu. Quando o Tricolor desceu ao campo ofensivo, Marlon apareceu sozinho na esquerda e cruzou. A bola passou pelo miolo da área e John Kenedy estava esperto para desviar. Diego Alves ainda evitou o gol, mas o centroavante também estava ligado e mandou para a rede após o rebote. Foi o primeiro gol dele na competição e contra o Flamengo no time principal.

Gol não muda cenário

O clima deu uma leve esquentada com a vantagem do Tricolor e David Braz e Michael chegaram a bater boca rapidamente. No entanto, o cenário em campo do primeiro tempo seguiu o mesmo de antes: o Fla dominava, mas sem conseguir penetrar na marcação do rival, que fechava muito bem os espaços próximos a área.

Aos 34, Vitor Gabriel aproveitou que a defesa adversária afastou mal e quase conseguiu o empate. O jovem centroavante bateu firme e Marcos Felipe apenas amorteceu a bola, que foi de mansinho para o gol, porém o goleiro conseguiu segurar antes de ela chegar na linha.

História se repete

Renato Gaúcho tirou Diego, que já tinha cartão amarelo, e apostou em Vitinho para segunda etapa. A entrada do jogador deu mais dinâmica ao ataque rubro-negro, que conseguiu levar mais perigo ao gol de Marcos Felipe. Andreas Pereira obrigou o goleiro a se esticar para evitar o gol com um minuto e Everton Ribeiro bateu para fora aos quatro.

No entanto, quem mudou o placar foi John Kennedy, mais uma vez. No intervalo, ele tinha dito que espera fazer mais gols no Flamengo e ele esperou apenas 15 minutos para conseguir. Dessa vez, o cruzamento veio da direita com Luiz Henrique e o jovem goleador foi mais rápido que Diego Alves, se jogando na bola para anotar o segundo.

Fla se lança e diminui

O Rubro-Negro seguiu indo cada vez mais ao ataque e, por isso, deu brechas na defesa. Aos 23 da segunda etapa, Martinelli rolou para trás, John Kennedy deixou passar e Yago chegou inteiro para bater com força. Diego Alves conseguiu o desvio e a bola, lentamente, ainda tocou a trave.

A recompensa veio com Renê. Ele tentou uma vez e a bola ficou na zaga, mas quando voltou, ele não pensou duas vezes e mandou um tiro forte, sem chance de reação para o goleiro Marcos Felipe.

Marcão acerta nas alterações

Após o gol do rival, o técnico Marcão realizou quatro alterações e conseguiu, além de pausar muito o jogo, controlar qualquer pressão. Mais do que isso, acertou até na saída de John Kennedy, pois, Abel Hernández, que entrou em seu lugar, também marcou.

Aos 40 minutos, o uruguaio aproveitou o vacilo de Gustavo Henrique na hora de cortar a ligação direta e teve tempo para pensar e chutar. De chapa, ele colocou no ângulo e decretou o triunfo do Tricolor para o delírio da torcida, que começou a cantar o nome de Renato Gaúcho, treinador do rival e ídolo do Fluminense.

Confusão no final



O clássico foi quente durante quase o tempo, mas esquentou de vez já aos 49 do segundo tempo. Vitinho chutou a bola em Abel Hernández, o que antecedeu alguns empurrões no meio-campo. O árbitro mostrou apenas um amarelo para o flamenguista e conseguiu conter os ânimos.





Flamengo, Brasileirão, Fluminense, Clássico, Mengão

2673 visitas - Fonte: UOL Esporte


VEJA: Éverton Ribeiro pode ser negociado pelo Flamengo; Confira!

CONFIRA: Técnico português fala sobre interesse do Flamengo: "Enorme orgulho"
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Felipe Silva     

Esse Renato é um bosta, tecnico que busca apenas libertadores.

Alessandro Ramos     

Pode colocar na conta do Renato Gaúcho mais essa derrota. Ele n entra em campo, mas está fazendo as merdas de fora. Renê, horrível todos os johos q vem fazendo e ele n coloca o Ramon... Andreas deveria ser volante e D. Ribas meia... pra q poupar outros jogadores como o Arão se o próximo jogo é só quarta-feira... chegam na Copa do Brasil sem ritmo e c corpo molenga... Sdd do JJ de vdd, Renato Gaúcho está mostrando q o Flamengo n é qqr técnico q ganha tudo... n adianta dar uma Ferrari na mão de ym n habilitado...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Segunda - 20:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Santos

Último jogo - Brasileiro

Sexta - 20:00 - Arena Pernambuco
Sport
1 1
Flamengo