22/6/2020 09:52

A insanidade do Campeonato Carioca em meio à pandemia

O placar no Rio de Janeiro informa: perdemos todos

A insanidade do Campeonato Carioca em meio à pandemia

(Foto: Divulgação/Prefeitura RJ)

Confusão generalizada. No fim de semana, o futebol do Rio de Janeiro teve três reviravoltas. Primeiro, o prefeito Marcelo Crivella proibiu a realização de partidas na cidade até 25 de junho. Logo depois, recuou e disse que a medida afetará apenas jogos de Botafogo e Fluminense, marcados para 22 e 25, respectivamente - justamente os dois clubes contrários ao retorno do Campeonato Carioca. Já na noite de domingo, a Ferj remarcou os jogos restantes da quarta rodada.



Todos estes desencontros ratificam o espetáculo do absurdo que foi Bangu x Flamengo no Maracanã. Vetos e liberações mambembes sem qualquer sinal de bom senso e coletividade.



LEIA TAMBÉM: Marcelo Crivella proíbe duelos na quarta


Foi apenas mais uma atração deste circo corroído por interesses políticos e financeiros, enquanto o Rio segue como um dos estados mais afetados pela Covid-19. Do outro lado, Flamengo e Vasco agendam seus jogos com naturalidade constrangedora, após a pressão exercida com apoio do presidente Jair Bolsonaro.



Em meio a esse show de desmandos, a CBF silencia sobre a falta de critérios para a volta das competições, o que pode afetar o calendário no segundo semestre. Insanidade durante uma pandemia que já levou 50 mil vidas no País. O placar informa: perdemos todos.

Flamengo, Insanidade, Campeonato, Carioca, Pandemia, Mengão

603 visitas - Fonte: LANCE!Net


VEJA: Flamengo teme perder atletas para as seleções

CONFIRA: Clube do Flamengo nacionaliza captação de promessas













Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Eurico Miranda, ladrão, mais era o unico que batia de frente, como o M.Braga nos bons tempos

Todo acompanhamento e infraestrutura, nada falta para eles, então não yem como suspender.Numa hora desta é que falta um

Os atletas dao diferenciados do cidadão comum,nao galta nafa para eles. Medicos, fisiologista do

Feiras livres, templos, bares,tudo aberto,pagodes e fanks, só não vê quem não quer, tudo sem controle,pessoas aglomeradas.A u ica atividade realmente controlada é o futebol

Injustificável, shoppings, centros comerciais, camelôs, ônibus lotados

Ficam falando no contrasenso na volta do futebol em meio a pademia. Num jogo de futebol tem 22 jogadores em campo que por definição do futebol entram em contatos entre si nas jogadas, estes 22 jogadores são monitorados em toda a atividade vinculada ao jogo. Portanto a chance de contaminação e mas controlada. Agora o trabalhador que não tem nemhum controle pode viajar para o trabalhos nos meios de transporte aglomerados. Qual situação e mais perigosa: os trabalhadores aglomerados nos meios de transporte ou os 22 jogadores com todo o controle necessário?

Concordo plenamente Alessandra. Como hoje Flamengo ta em outro patamar e chamando atenção, sobre cai no Flamengo, e ainda brigando com a Globo.

Engraçado isso, interesse político? O campeonato carioca se compõe por 12 times, aos quais apenas dois se opõe em cumprir tabela no campeonato. Na minha humilde opinião seria favorável ao conteúdo da materia se 10 discordasse do futebol e apenas 2 quisesse o retorno do futebol. Mas vivemos em um pais onde a maioria não significa nada se essa maioria for contra o monopólio Globo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:00 - Maracanã - SBT;FOXSPORTS
Flamengo
LDU

Último jogo - Carioca

Sábado - 21:15 - Maracanã
Fluminense
1 1
Flamengo