28/6/2021 10:46

Flamengo derrapa na poça e não consegue mudar característica em jogo

Flamengo derrapa na poça e não consegue mudar característica em jogo

Juventude x Flamengo, Brasileirão — Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação Juventude

Tinha uma poça no meio do caminho de Matheuzinho e do Flamengo, que fez seu primeiro jogo fora do Rio de Janeiro neste Brasileiro e perdeu por 1 a 0 para o Juventude, domingo, no Alfredo Jaconi. Com o campo alagado, o time teve dificuldades de fugir das suas características e caiu na armadilha do adversário.



O grande volume de chuva em Caxias do Sul nas 48 horas anteriores deixou o novo gramado do Alfredo Jaconi alagado, apesar de não ter tido um temporal no domingo. A drenagem deixou a desejar, e capacidade de adaptação do Flamengo também. Mas foi um jogo que não serve de parâmetro para uma avaliação em um contexto mais amplo.


LEIA TAMBÉM: Com campo encharcado, Flamengo perde para o Juventude por 1 a 0


Mesmo ciente do ambiente que encontraria, o time tentou iniciar a partida sem mudar seu estilo, com toque de bola. Era impossível. Rogério Ceni gritava com o time para que usasse a ligação direta com o ataque. Matheuzinho não ouviu e insistiu em um erro. A tentativa de recuar para Diego Alves parou na poça e virou assistência para o chute certeiro de Matheus Peixoto.

Era tudo que o Juventude queria. Em vantagem, não precisava se preocupar mais em criar, e ficou ainda mais concentrado na missão, facilitada pelo campo alagado, de apenas destruir as tentativas do Flamengo.

Ceni acerta na saída de Michael ainda no primeiro tempo

Alguns sentiram mais dificuldade do que outros para encarar as poças. Além de Matheuzinho, Diego e Vitinho tiveram problemas. O capitão tentou conduzir demais a bola e foi improdutivo. Vitinho não usou sua arma de finalizar de longa distância e seus cruzamentos para a área não surtiram efeito.

Vendo a dificuldade da equipe e de Michael, que tem como característica carregar a bola, Rogério Ceni fez a boa tentativa de tirá-lo, ainda no primeiro tempo, para colocar Muniz junto com Pedro na frente. A ideia era tentar segurar a bola na frente e fazer jogadas de pivô.

Os primeiros minutos do segundo tempo foram os melhores do Flamengo. Finalizou em sequência e teve as melhores chances em cruzamentos para a área. Chegou a acertar a trave com Bruno Henrique, mas a pressão arrefeceu no gélido Alfredo Jaconi. O jogo ficou amarrado e a maior posse de bola rubro-negra não foi capaz nem de dar ao time um empate no Sul.



Thiago Maia joga 18 minutos

O capítulo positivo para o Flamengo foi o retorno de Thiago Maia, que entrou em campo após sete meses da cirurgia no joelho direito. Ele atuou por 18 minutos e tendência é que gradualmente tenha mais espaço no time.

Diante de todas as adversidades, é difícil colocar o desempenho da derrota para o Juventude como um parâmetro para qualquer coisa, mas serve de alerta para o Flamengo em sua primeira partida como visitante no Brasileiro. A segunda será na próxima quinta-feira, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Flamengo, derrapa, poça, característica, jogo

504 visitas - Fonte: globoesporte


VEJA TAMBÉM
- Flamengo conclui preparação para o confronto contra o Goiás
- Oitavas de final da Libertadores 2022: veja os times já classificados e quando será o sorteio
- MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra o Goiás?

VEJA: Flamengo estaria de olho na contratação de destaque do Internacional, diz jornalista

CONFIRA: Jorge Jesus quer levar Gabigol, do Flamengo, para o Fenerbahçe, clube turco com o qual negocia















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




A quebradeira. Hoje, grande parte dos grandes clubes brasileiros, estão falidos, alguns sem chance de recuperação, mas a CBF está rica e poderosa e sua riqueza e poder emana dos clubes que paga os salarios dos jogadores, mas quem lucra sem arriscar um centavo e Dona CBF.

Impor um clube como o Flamengo a jogar num campo igual um pantanal e milhões de torcedores do Brasil e do mundo, a assistir um espetaculo proprio de varzea ou futebol de terceiro, diz claramente o respeito que Dona CBF, tem com clubes e público. Passou da hora dos clubes série A do Brasil, tomarem vergonha na cara e criar e gericiar sua própria liga. Chega de CBF rica e clubes falidos, se insistirem aumentaram a

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 16:30 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Goiás

Último jogo - Libertadores

Terça - 21:30 - Maracanã
Flamengo
3 0
Univ. Católica