Flamengo vence Palestino e sofre no segundo tempo como se estivesse na altitude.

11/4/2024 04:53

Flamengo vence Palestino e sofre no segundo tempo como se estivesse na altitude.

Flamengo vence Palestino com baixo aproveitamento nas finalizações e susto no segundo tempo no Maracanã.

Flamengo vence Palestino e sofre no segundo tempo como se estivesse na altitude.

Depois de começar a Libertadores tropeçando com um jogador a mais contra o Millonarios, o Flamengo tinha a obrigação de ganhar do Palestino na noite de quarta-feira no Maracanã, antes de sair para dois jogos seguidos fora de casa pelo torneio. E isso foi feito: 2 a 0. O saldo de gols era um extra, e isso faltou diante do adversário em tese mais acessível do grupo. A esperada goleada não aconteceu muito em função de um primeiro tempo pobre na finalização. E de um segundo tempo onde parecia até que estava na altitude . Em suma, a estreia em casa na Libertadores foi um misto de festa e preocupação. Vamos começar pela parte boa. O primeiro tempo foi um Flamengo bem perto de sua melhor versão até aqui na Era Tite: intenso, marcando alto, perde-pressiona, domínio territorial com 71% de posse da bola, quase sem sofrer atrás (Léo Ortiz e Léo Pereira se complementaram bem) e criando bastante na frente. Foram 12 finalizações e seis grandes chances de gol . Com apenas seis minutos, Arrascaeta cobrou falta na cabeça de Léo Pereira, que subiu mais que o marcador e cabeceou por cima do travessão (veja na imagem abaixo) . Três minutos depois, Varela quem cruzou para Cebolinha cabecear para defesa de Rigamonti. Aos 20 veio a pintura de Pedro: após chute desviado de Ayrton Lucas (a bola bate no braço de Linares e seria pênalti se não fosse gol), o camisa 9 domina dando um chapéu no goleiro e empurra para a rede. Cebolinha estava naqueles dias, e Benjamin Rojas, seu marcador, certamente teve pesadelo com ele essa noite. Aos 37, o atacante cortou para dentro e bateu colocado, tirando do goleiro, mas Dávilla salvou em cima da linha. Cinco minutos depois, Varela cruzou na cabeça de Pedro, que parou em Rigamonti. E aos 45, Luiz Araújo deixou Ortiz na cara do gol, e ele desperdiçou. Saiu barato para o Palestino, que só teve uma única oportunidade em contra-ataque com Véjar, aos 35.

Flamengo conquista primeira vitória na Libertadores contra o Palestino — Foto: André Durão
Crédito: André Durão

2º tempo "rarefeito" Corta para o segundo tempo. Apesar do placar magro, o jogo parecia tão ganho que deu impressão do time voltar do intervalo já pensando no duelo com o Bolívar na próxima rodada. E aí pensou tanto que já até parecia uma simulação de jogar na altitude. O Flamengo não conseguia mais atacar enquanto atrás tomou um bocado de sustos de um Palestino que adiantou suas linhas e passou a dobrar em cima dos laterais rubro-negros com as entradas de Palacio na esquerda e Carrasco na direita. Os chilenos tiveram quatro grandes chances de empatar o jogo, quase sempre na bola aérea. Com um minuto, em cobrança de falta ensaiada, Cristian Suárez apareceu livre na área em posição legal e cabeceou para o meio, mas pegou mal na bola. Aos oito, foi a vez de Abrigo receber na área e chutar para Rossi espalmar para fora. Na cobrança de escanteio, Linares mandou com perigo por cima do travessão. E seis minutos depois, Ceza, também pelo alto, parou no goleiro argentino. Dos jogos recentes, esse talvez foi o que o Flamengo mais cedeu chances ao adversário. Depois que sofreu o segundo gol, o Palestino ainda teve uma última oportunidade com Chamorro de cabeça aos 45. O Rubro-Negro só deu uma melhorada após as substituições, o problema é que Tite demorou a mexer. Em todo o segundo tempo, o Rubro-Negro chegou uma vez com Pedro, em jogada individual que passou por dois e chutou mal aos 33 minutos (poderia ter tocado para Bruno Henrique). E no gol de bola parada de Ortiz aos 39. Nitidamente o cansaço teve uma parcela nessa queda de rendimento na etapa final. E aí a escolha do Tite de ter ido com força máxima no segundo jogo da final do Carioca contra o Nova Iguaçu, mesmo já tendo resolvido a parada na primeira partida, teve o seu preço. Por sorte, não custou muito ao Flamengo , que com a vitória assumiu a liderança do Grupo E com quatro pontos (o Bolívar joga nesta quinta com o Millonarios e pode passar). O Flamengo só volta a jogar pela Libertadores agora no dia 24, quando visita o Bolívar na temida altitude de 3600 metros de La Paz, na Bolívia. Antes, o Rubro-Negro volta as atenções para o Campeonato Brasileiro e estreia neste domingo contra o Atlético-GO no Serra Dourada. Tite já verbalizou que vai ser preciso priorizar competições, e possivelmente o técnico comece a rodar o time já a partir da estreia na Série A. ??? Leia mais notícias do Flamengo Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

241 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- Novidades na Escalação do Flamengo para o jogo contra o Amazonas, confira
- Flamengo desembarca em Manaus para jogo da Copa do Brasil com festa para Gabigol
- VAI MEXER! Flamengo terá mudanças na escalação para próxima partida no Campeonato Brasileiro.



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Sb - 21:00 - -
X
Vasco Da Gama
Flamengo

Libertadores

Qua - 21:30 -
4 X 0
Flamengo
Bolívar