Clubes divididos sobre paralisação do Brasileirão após tragédia no RS

14/5/2024 05:38

Clubes divididos sobre paralisação do Brasileirão após tragédia no RS

Clubes divididos sobre paralisação do Brasileirão após tragédia no RS

Após o pedido inicial feito pelo trio Grêmio, Internacional e Juventude, está sendo discutida atualmente a possibilidade de paralisação do Campeonato Brasileiro por conta da tragédia causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

A CBF enviou um ofício aos clubes da Série A em que pede uma posição oficial sobre o assunto - seja favorável ou contra a paralisação. Até o momento, 13 clubes já deram sua posição a favor da pausa. Em um primeiro momento, o Atlético-MG foi o primeiro clube a se posicionar publicamente a favor da paralisação por meio de entrevista de seu presidente, Sérgio Coelho. Ao longo da rodada do fim de semana, outro clube que se posicionou de forma pública em favor da paralisação foi o Athletico-PR.

Na contramão, também no último fim de semana, dirigentes de Flamengo e Palmeiras explicaram que os clubes são contra qualquer paralisação neste exato momento. Os diretores Bruno Spindel e Anderson Barros, respectivamente, foram os representantes do Rubro-Negro e do Verdão que falaram.

Já na noite de segunda-feira (13), os 11 clubes da Liga Forte União publicaram nota oficial em que pediram a paralisação imediata do Brasileirão até o dia 31 de maio. Cinco times ainda não se manifestaram publicamente: Bahia, Corinthians, Red Bull Bragantino, São Paulo e Vitória.

Vale lembrar que a CBF marcou reunião para tratar do assunto com representantes dos 20 clubes para o dia 27 de maio. O Conselho Técnico é que vai ser o pontapé de partida para qualquer decisão a ser tomada.

Atlético-MG: "O futebol é muito importante, mas é importante que a gente também veja as dificuldades. Quando existe uma catástrofe, ela tem que ser tratada como catástrofe, e o que está acontecendo no Rio Grande do Sul é uma catástrofe. Os clubes e pessoas de lá não têm a menor condição de estar envolvidos, hoje, no futebol. Eles estão emocionalmente abalados. Eles não têm condições de treinar, têm familiares e amigos que estão passando dificuldades, podem ter perdido alguém da família, casa destruída. Para dar isonomia a esses clubes, no meu entendimento é que deveria parar o Campeonato Brasileiro", disse Sérgio Coelho, presidente do clube.

Liga Forte União (Atlético-GO, Athletico-PR, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacion al, Juventude e Vasco): Nesta segunda-feira, todos os clubes da Liga Forte União se posicionaram perante o ofício enviado pela Confederação Brasileira de Futebol. De forma unânime e em bloco, todos são a favor da paralisação imediata do Campeonato Brasileiro até a data de 31 de maio de 2024. A paralisação se faz necessária como medida humanitária, consensual e de justiça de competição.

*Clubes que não responderam o contato da ESPN e nem se manifestaram publicamente: Bahia, Corinthians, Red Bull Bragantino, São Paulo e Vitória

182 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- Novidades na Escalação do Flamengo para o jogo contra o Amazonas, confira
- Flamengo desembarca em Manaus para jogo da Copa do Brasil com festa para Gabigol
- VAI MEXER! Flamengo terá mudanças na escalação para próxima partida no Campeonato Brasileiro.



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Sb - 21:00 - -
X
Vasco Da Gama
Flamengo

Libertadores

Qua - 21:30 -
4 X 0
Flamengo
Bolívar