Flamengo domina, conquista prêmio e mostra força na disputa pelo Brasileirão

24/6/2024 04:25

Flamengo domina, conquista prêmio e mostra força na disputa pelo Brasileirão

Flamengo domina, conquista prêmio e mostra força na disputa pelo Brasileirão

"Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura". Uma expressão famosa no Brasil e que poderia facilmente representar o que aconteceu no clássico entre Flamengo e Fluminense na tarde de domingo no Maracanã. A interpretação é clara: é preciso persistência para alcançar algum objetivo. Mas como isso se aplica numa partida de futebol? +Tite diz que não faltou com respeito à CBF e reafirma crítica a diretor +CBF divulga VAR do pênalti de Calegari em Bruno Henrique no Fluminense x Flamengo; veja O objetivo da modalidade é fazer mais gols do que o seu adversário. O Flamengo fez apenas um gol, já aos 40 minutos do segundo tempo e de pênalti, é verdade, mas insistiu - e persistiu - desde o apito inicial. Ao todo, foram 14 finalizações para tentar marcar: seis no primeiro tempo e oito no segundo. Além de ter promovido um massacre no ataque, o Rubro-Negro soube neutralizar o Fluminense defensivamente. Ainda falando em números: a posse bola dividida não retrata o que foi a partida. O Fluminense terminou com 49% de posse, mas apenas duas finalizações (nenhuma na direção do gol). O primeiro chute aconteceu somente aos 21 minutos do segundo tempo: Lima arriscou de longe e mandou para fora. +Flamengo reclama de pênalti em David Luiz, e Tite brinca sobre aposentadoria: "Mais uns 10 anos" +Landim diz que Flamengo está pronto para desapropriação e pede à torcida para não "batizar" estádio O encaixe no sistema defensivo foi um ponto que tornou o jogo mais fácil para o Flamengo . A marcação alta, apertando a saída de bola, forçou o Fluminense a errar, e foi assim que ainda no primeiro tempo saíram as principais chances do Rubro-Negro. Destaque para Gerson, Pedro e Lorran sempre bem posicionados diante do goleiro e da zaga tricolor, que não conseguia sair jogando. Para exemplificar, podemos separar três lances que aconteceram em um espaço de 10 minutos ainda no primeiro tempo. Aos 18, Pedro e Gerson conseguiram roubar a bola marcando a saída de bola do Fluminense. O camisa 9 chutou e Fábio, no reflexo, fez grande defesa. A jogada ainda continua, mas Bruno Henrique se enrolou e não conseguiu dar continuidade. (veja o vídeo acima). Aos 21, três minutos depois, um lance bem parecido. Fábio errou a saída de bola e Pedro conseguiu recuperar a posse para o Flamengo . O atacante deu um toque rápido para Lorran, que desperdiçou uma grande chance de cara para o gol. (veja o vídeo acima). Pouco tempo depois, aos 28, Gerson roubou mais uma bola dentro da área. O volante desarmou Gabriel Pires, tocou a bola para Lorran. O jovem devolveu, mas o camisa 8 chutou para fora. (veja o vídeo abaixo). O Flamengo foi para o intervalo sem conseguir marcar por conta da imprecisão na hora de finalizar. A pontaria ruim poderia ter comprometido o resultado e talvez só não tenha feito pela tarde pouco inspirada do time de Fernando Diniz. O Tricolor até avançou algumas vezes, mas sem capacidade de infiltração e sem causar qualquer problema ao Rubro-Negro. Rossi foi praticamente um telespectador no primeiro tempo. +Braz vê Flamengo com desfalques "ganhando por acaso" e ataca CBF: "Tem que ter vergonha na cara" E não mudou muito no segundo tempo. Como dito, primeiro chute do Fluminense foi para lá dos 20 minutos. A finalização não causou qualquer perigo para Rossi, que assistiu o Flamengo dominar de forma absoluta a segunda etapa da partida, mesmo que a intensidade e a criação tenham diminuído com a saída de Lorran. Allan foi quem substituiu, e Gerson passou a jogar mais avançado. Pode-se dizer que o Flamengo começou o segundo tempo bem agitado justamente por conta de Lorran. Logo aos 2 minutos, o jovem recuperou a bola, arrancou e achou Luiz Araújo livre. O camisa 7 finalizou, de primeira, e a bola foi para fora. Aos 4, ganhou dividia com Gabriel Pires, avançou e chutou. Bola desviou na defesa. Aos 7, fez jogada com Wesley e colocou a defesa tricolor para trabalhar. Aos poucos, com Gerson assumindo o protagonismo e chamando a responsabilidade, o Flamengo começou a dominar o jogo e trocar passes com tranquilidade perto da área tricolor. Se no primeiro tempo pecou em finalização, no segundo viu a defesa do Fluminense salvar em alguns lances. O jogo entrou na reta final e o Maracanã exalou clima de decisão. A sensação era que o que acontecesse a partir dos 30 do segundo tempo definiria a partida. E foi o que aconteceu. Aos 36, Bruno Henrique sofreu o pênalti que viria decidir a partida. Léo Pereira fez um lançamento para o camisa 27, que invadiu a área e foi derrubado na área pós disputa de bola com Calegari. Foram quatro minutos até Pedro colocar a bola no fundo da rede. O camisa 9 cobrou o pênalti que quase foi defendido por Fábio. O Flamengo , enfim, ficou na frente do placar. O gol do jogador mais decisivo do ano deu ao time a possibilidade de administrar o resultado já nos minutos finais. Depois de muita persistência, o objetivo foi atingido. Depois de 14 finalizações, finalmente o gol. Como diz o ditado: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. O placar magro não traduz mais um Fla-Flu de superioridade rubro-negra nesta temporada. Uma vitória em clássico geralmente já simboliza força e, neste cenário, para o Flamengo só reafirma a condição que o elenco tem em disputar o Brasileirão mesmo com os desfalques da Copa América. - Quando um grupo de atletas se gosta, ele faz mais. Quando um grupo de atletas tem respeito e amizade, ele faz mais. Nós pensamos sempre no próximo jogo, trabalhamos dessa forma e conduzimos dessa forma. Sem se preocupar com estatísticas passadas - comentou Tite sobre estar invicto mesmo com desfalques. Já são três vitórias e um empate: 11 pontos conquistados no Brasileirão mesmo sem contar com Varela, Pulgar, De la Cruz, Arrascaeta e Viña. O triunfo no Fla-Flu fez o Rubro-Negro chegar aos 24 na pontuação, se manter líder e abrir um ponto de vantagem para o Palmeiras. Mas, dependendo do desempenho de Uruguai e Chile, o time pode sofrer com desfalques por mais sete rodadas. Enquanto isso, cada ponto é importante para manter o time favorito pelo título. Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Pedro comemora gol do Flamengo contra o Fluminense — Foto: André Durão
Créditos da imagem: André Durão

...

161 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- DEFINIDO! Adversário do Flamengo nas oitavas da Copa do Brasil está definido
- FIM DA LINHA! Marcos Braz deixa vice-presidência de futebol do Flamengo após seis anos
- Sorteio da Copa do Brasil ao vivo: definição das oitavas de final



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Ter - 21:00 - José Pinheiro Borda -
X
Internacional
Flamengo

Brasileiro

Qui - 20:00 - do Maracanã
1 X 2
Flamengo
Fortaleza EC