19/1/2022 10:26

Ex-auxiliar do Fla revela clima de velório após derrota na Libertadores

Ex-auxiliar do Fla revela clima de velório após derrota na Libertadores

Maurício Souza, ex-auxiliar técnico do Flamengo, contou que o clima no vestiário do clube em Montevidéu após a derrota para o Palmeiras por 2 a 1 na final da Copa Libertadores da América era semelhante ao de um velório.



Mauricinho ainda falou sobre a reação de Andreas Pereira, que falhou no lance que deu origem ao segundo gol do time alviverde, marcado por Deyverson no início da prorrogação, dizendo que o atleta ficou "muito arrasado".


LEIA TAMBÉM: Diretor de futebol do Corinthians prevê curta passagem de Paulo Sousa pelo Flamengo: Menos que um trem na estação


"O vestiário depois da final da Libertadores] era um velório. O Andreas ficou muito arrasado. Na sequência, tinha um jogo contra o Ceará, o clube liberou ele de jogar, ele ficou muito mal. Acaba que o erro que culminou da derrota saiu do pé dele. Não tem como falar. O treinador corrige muito erro que ninguém vê. Mas o erro que a bola passa por baixo da perna do goleiro, de perder a bola como último homem, perder o equilíbrio, escorregar, isso não tem correção. Todo mundo viu que aconteceu", disse Maurício Souza, que foi demitido do Flamengo na reapresentação do clube, em entrevista ao "Charla Podcast".

"O que vai falar para ele? 'Domina de frente'? Sei lá. Ele sabe que errou. Sabe que não teve erro coletivo. Foi um erro individual. Ele assumiu, sentiu muito. No dia seguinte, eu falei com ele. Ele era um dos grandes destaques do time, um dos que estava jogando melhor, carregando o time para a frente, pegando a bola, se movimentando. E aconteceu", continuou.

Elogios a Andreas Pereira
O ex-treinador do sub-20 do Flamengo avaliou que Andreas Pereira demonstrou valentia ao aceitar iniciar a partida seguinte, contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. Maurício Souza foi o responsável por comandar a equipe naquela partida, já que Renato Gaúcho deixou o comando do Flamengo após a derrota na Libertadores.



"Ele foi muito valente quando quis jogar contra o Ceará ainda abatido. Visivelmente. Eu perguntei se ele não queria começar no banco porque vai que a gente começa perdendo e eu preciso tirar ele. Como seria a reação da massa? Ele falou que não tinha problema, que queria encarar e que não teria problema para começar a jogar. A reação da torcida surpreendeu, mas acho que se explica pelo contexto da final. O Flamengo não fez o jogo do ano, mas foi melhor que o Palmeiras. Foi um erro muito individual. Seria covardia atacar o garoto dessa maneira", completou Maurício Souza.

Ex-auxiliar, Fla, Flamengo, clima de velório, derrota, Libertadores

1260 visitas - Fonte: Uol


VEJA TAMBÉM
- Cuca estaria à frente de Jorge Jesus em possível mudança no comando técnico do Flamengo
- Últimas notícias do Flamengo: 5 notícias do Rubro-Negro que bombaram hoje (16/05)
- MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra a Universidad Católica?

VEJA: Flamengo tem pior início de Brasileirão em oito temporadas e corre risco de entrar no Z4

CONFIRA: Na corda bamba? Flamengo não avalia demissão do técnico Paulo Sousa















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Terça - 21:30 - Maracanã - SBT
Flamengo
Univ. Católica

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 16:30 - Castelao
Ceará SC
2 2
Flamengo